25 de set de 2011

Miss Universo ,tipos Étnicos e auto -estima.

              O Miss Universo ( Miss Universe) é a mais importante competição internacional de beleza feminina, realizada anualmente e promovida pela Miss Universe Organization, de propriedade do empresário Donald Trump.[1] 
           É um dos eventos mais vistos no mundo, com uma audiência internacional de cerca de 1 bilhão de telespectadores em mais de 180 países ao redor planeta.[2]
             Foi criado na Califórnia em 1952 pela empresa de vestuário Pacific Mills e tornou-se através dos anos um evento da Kayser-Roth Corporation e da Gulf and Western Industries, até ser comprado em 1996 por Donald Trump. 
          Trump contratou uma nova equipe de profissionais de suas empresas para dirigir e organizar o concurso, incluindo a CEO Molly Miles e a presidente Maureen Reidy.[3] A organização passou a usar o lema "Redefinido para o presente" para a realização de seus concursos.[4] Na mesma época criou sua nova logomarca: The Woman with the Stars (A Mulher com as Estrelas), usado até hoje.
      A atual Miss Universo é a angolana Leila Lopes, eleita em São Paulo em 12 de setembro de 2011.
                                                                    Leila Lopes
 Zezé Leone
Zezé Leone


      A primeira Miss Brasil foi Zezé Leone no ano de 1922 tinha 20 anos e, no ano anterior, havia sido apontada pela revista “Flama” como a mulher mais bonita de Santos.
            Na época o modelo de beleza incluía olhos grandes e expressivos com os cantos externos levemente caídos,boca pequena em formato de coração e postura suave e sonhadora.Sem falar da moda dos cabelos bem encaracolados e modelados em muitas ondas .As mais ousadas escolhiam os  mais curtos à moda de Chanel.
        Além de ser homenageada na época, com a criação do fox-trote Vênus, pelo compositor Freitinhas, Zezé tem sido destacada de outras formas, como ser nome de uma rua no bairro paulistano da Casa Verde Alta, apelido da locomotiva 370 da Estrada de Ferro Central do Brasil ou uma receita culinária, considerada a mais leve e bela sobremesa mineira.
      O concurso nacional só passou a ser organizado com regularidade em junho de 1954, no Palácio Quitandinha, em Petrópolis, no Rio de Janeiro.
        Apenas seis estados participaram. A baiana Martha Rocha venceu a primeira disputa oficial e, naquele mesmo ano, acabou em segundo lugar no Miss Universo. Ela perdeu o trono para a norte-americana Myrian Stevenson por causa das famosas duas polegadas a mais no quadril.
Martha Rocha
         Em 1955, o grupo de Assis Chateaubriand, Diários e Emissoras Associados assumiu a promoção do concurso. Esta é considerada sua fase áurea e perdurou até a falência do conglomerado em 1980. O SBT acabou sendo o sucessor na organização e transmissão do pleito até 1989. Após este período, ele deixou de ser veiculado pela televisão e perdeu muito do prestígio.
    A partir de 2002, o concurso passou a ser organizado pela Gaeta Promoções e Eventos, coordenado pelos sócios Boanerges Gaeta Júnior e Nayla Micherif, miss Brasil 1997. E, após 13 anos, retornou à televisão em dia e horário nobres, em transmissão da Rede TV!. Em 2003, a Band passou a ter exclusividade na transmissão do concurso, que ainda busca atingir novamente o status de seus tempos áureos.
A História das vencedoras negras.
           Esse ano a vencedora do concurso foi uma negra de Angola e ela não foi a primeira Miss Universo Negra .A primeira miss Universo negra foi Janelle Commissiong, de Trinidad e Tobago, eleita em 1977.
Janelle Commissiong
             Curiosamente, no ano seguinte, Janelle passou a faixa para uma miss Universo  Sul Africana e loira,não por acaso,pois representou a África do Sul no concurso em pleno regime de Apartheid.Embora 79,5% da população sul-africana seja negra, durante o Apartheid esses eram impedidos de exercer direitos políticos e civis. A maioria negra, portanto, não tinha direito de voto nem representação parlamentar.Quem pode se considerar belo nessas condições?
Margareth Gardiner 

        A primeira africana negra a usar a coroa de Miss Universo foi Mpule Kwelagobe, vinda de Botsuana. Ela foi coroada em 1999, 4 anos após o fim do Apartheid. Notem que o cabelo não é natural,onde ainda impõem -se o padrão do cabelo liso.

          É impossível discutir a visibilidade e importância econômica de um evento dessa grandeza,mas como profissional da área de beleza gostaria de levantar algumas questões sobre a hegemonia do padrão ocidental de beleza propagado especialmente pela mídia e incentivado,sem dúvida, pela sociedade de consumo.
       Através do gráficos abaixo podemos pensar à respeito: Porque a maioria das vencedoras é natural dos Estados Unidos?O concurso poderia ser intitulado realmente de Miss Universo ou representa uma opinião tendenciosa que privilegia algumas raças e bio tipos em detrimento de outros?
             A população da Terra não está distribuída igualmente em todas as partes do globo. Ao contrário, há excesso de gente em algumas regiões e falta em outras, como o sul,o leste e do sudeste da Ásia, que reúnem mais da metade da população do globo.Porque observamos apenas 3 ganhadoras do Miss Universo provenientes dessa região?A mulher asiática seria menos bela?
              O que me entristece neste tipo de visão limitada sobre a beleza é o que a opinião pública perde em sensibilidade.Deixamos de apreciar outras formas de beleza e o pior de tudo: nos tiram a capacidade de pensar sobre o que nos provoca verdadeiro "deleite estético".O que realmente te atrai ,te faz sentir bem ,te dá prazer e faz sentir-se aceita na sua opinião e na opinião do seu grupo social?Já parou para pensar porque escolhe o seu penteado ou estilo de roupa?
                   Me preocupa também que tipos de valores propagamos para as nossas crianças e adolescentes como a mensagem oculta de que para ser bela é necessário ter cabelos lisos e claros,ser magra,descendente de povos europeus caucasianos,etc.
                   O canal Nat Geo apresenta uma série de documentários da série Tabu.

Vejam alguns trechos no You tube

Me chamou atenção o blog:

"Yo la más gorda de todas "

http://www.puntal.com.ar  onde a autora reflete sobre imagem ,auto estima e beleza.

Dados para comparar:
A distribuição pelos espaços geográficos 
Pela distribuição da população nos continentes, notamos que: 
• A Ásia é o continente mais populoso, com quase 60% do total mundial; 
• A Ásia é também, o continente mais povoado, com quase 80 hab/km2; 
• A Oceania é o continente menos populoso e menos povoado; 
Com mais de 160 milhões de habitantes, o Brasil é: 
• o quinto país mais populoso do mundo; 
• o segundo país mais populoso do continente americano e de todo o hemisfério ocidental, superado apenas pelos Estados Unidos; 
• o país mais populoso da América do Sul e de toda a América Latina.
 A tipologia étnica          Por muito tempo, e ainda hoje, tem sido comum dividir a população nas raças branca, negra, amarela e mestiça. Essa distinção pela cor não é correta, pois entre um português moreno e um russo (eslavo) existem muitas diferenças, apesar de ambos serem brancos. 
         Hoje em dia, ao invés de se falar em raça, fala-se em etnia. Um dado grupo étnico possui semelhanças não só fisionômicas, mas também culturais. 
A determinação do grupo étnico a que pertence uma pessoa não é tarefa fácil e não pode ser tomada apenas pela cor. 
O povo brasileiro é composto etnicamente por brancos de origem européia, negros de origem africana, amarelos (indígenas e asiáticos) e mestiços. 
             As diferenças de cor, de origem, têm sido problemas sérios em muitos países. 
Na África do Sul, onde numericamente predominam os negros, existia até 1991 uma violenta segregação racial, com exagerada discriminação social e econômica, denominada apartheid. No Brasil, perante as nossas leis, todos os grupos étnicos constituem um só conjunto: a população brasileira. 
Recordar é saber 

• Os negros, os brancos, os amarelos e os mestiços são grupos étnicos, e não raça.

Conquistas do Miss Universo por País

PaísTítulosVitórias
 Estados Unidos071954195619601967198019951997
 Venezuela06197919811986199620082009
 Porto Rico0519701985199320012006
 Suécia03195519661984
 México0219912010
 Japão0219592007
 Canadá0219822005
 Austrália0219722004
 Índia0219942000
 Trinidad e Tobago0219771998
 Tailândia0219651988
 Finlândia0219521975
 Filipinas0219691973
 Brasil0219631968
 Angola012011
 República Dominicana012003
 Panamá012002
 Botswana011999
 Namíbia011992
 Noruega011990
 Países Baixos011989
 Chile011987
 Nova Zelândia011983
 África do Sul011978
 Israel011976
 Espanha011974
 Líbano011971
 Grécia011964
 Argentina011962
 Alemanha011961
 Colômbia011958
 Peru011957
 França011953

[editar]Desempenho das Vencedoras do Miss Universo por Continente

ContinenteTotalPaíses
América32Estados Unidos (7), Venezuela (6), Porto Rico (5), Brasil (2), CanadáTrinidad e Tobago eMéxico (2), ArgentinaChileColômbiaPeruPanamá e República Dominicana (1)
Europa11Suécia (3), Finlândia (2), FrançaAlemanhaEspanha,[25] GréciaHolanda e Noruega (1)
Ásia10FilipinasÍndiaJapãoTailândia (2), Líbano e Israel (1)
África4Angola (1), África do Sul (1), Namíbia (1) e Botswana (1)
Oceania3Austrália (2) e Nova Zelândia (1)


Faz pensar...

Fontes:
site oficial do Miss Brasil  http://missbrasiloficial.uol.com.br



Bem Vindo ao Blog da Penélope Beolchi!

Nesse Blog posto muitas pesquisas sobre assuntos de beleza, técnicas e novos produtos.
Para trabalhos e cursos entre em contato com minha agência que terá o prazer de atender prontamente sua solicitação.

Opa! Hair

http://opahair.4ormat.com
11 3171-0401
penelope.beolchi@gmail.com

Rua Apeninos, 689, Paraíso
São Paulo-SP
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

Total de visualizações de página